Álcool te ajuda a falar melhor uma língua estrangeira


Toda vez que estive em eventos com estrangeiros, eu percebi que quanto mais eu bebia, mais eu conversava. Sabendo da minha dificuldade de falar inglês sempre coloquei a culpa mais na falta de percepção do que melhor no entendimento do idioma. Mas eu estava enganado.

Um estudo realizado por pesquisadores britânicos e holandeses e publicado pelo Journal of Psychopharmacology, essa constatação é verdadeira: o álcool melhora a habilidade de falar em outras línguas.

Mas o álcool ajuda ou engana?

Uma cerveja ou um copo de vinho pode diminuir as inibições, por exemplo, o que pode tornar mais fácil para algumas pessoas superar o nervosismo ou a hesitação em falar uma língua não nativa, mas em contrapartida ele também pode prejudicar as funções cognitivas e motoras, afetar negativamente a memória e a atenção, e levar a um excesso de confiança.

O estudo entrevistou 50 estudantes e foi constatado que o álcool não teve efeito sobre a autoavaliação dos falantes. Em outras palavras, as pessoas que haviam ingerido álcool não estavam mais confiantes ou satisfeitas com suas performances do que as que beberam água, mas os que beberam álcool tiveram realmente um desempenho melhor no idioma.

Se você estava procurando motivo para levar o cliente gringo para beber no Happy Hour…

COMENTÁRIOS
ANTERIOR Gin emagrece, diz estudo. Será?
PRÓXIMO Promoção do Outback dá suas famosas canecas